Msk ribeirão

Casos Clínicos Diagnósticos

informativo eletrônico

Você está em Home »

casos clínicos

Caso 08 - Ombro

 

Necrose Avascular da cabeça do Umero. A Osteonecrose avascular é definida como a morte in situ de um segmento ósseo. A osteonecrose pode ser primária ou idiopática, quando uma etiologia bem definida não pode ser estabelecida, ou secundária a uma variedade de condições e patologias. A cabeça do úmero é o segundo local mais comum de osteonecrose avascular(a cabeça femoral é o local mais frequente). Uma das causas mais comuns da osteonecrose não traumatica é o uso crônico e em geral em altas doses de corticosteróides.Outros fatores relacionados a osteonecrose da cabeça umeral são: hemoglobinopatias, anemia falciforme, doença dos mergulhadores (descompressão), doença de Gaucher, uso crônico do álcool, cushing e lúpus eritematoso sistêmico. A patogênese da necrose avascular não traumatica poderia ser explicada por mecanismos que levem a um comprometimento do suprimento sanguineo arterial ou venoso. O diagnóstico precoce de osteonecrose é feito pela ressonância magnética e caracteriza-se por alteração de sinal em formato de crescente, de aspecto geográfico, na região subcondral superior da cabeça umeral, circundada por interface reativa com baixo sinal externo (esclerose) e alto sinal interno nas sequências ponderadas em T2. Essa área de hipersinal representa hiperemia e tecido de granulação na interface entre o osso viável e o osso necrótico desvitalizado. Com o avanço da doença pode ocorrer a perda da morfologia e dos contornos da cabeça umeral decorrente do colápso do osso subcondral. Nos estágios mais tardios podemos identificar achados associados de sinovite e alterações degenerativas secundárias da articulação gleno-umeral.

logo Política do site

© 2011 - MSK Ribeirão - Todos os direitos Reservados

atual interativa